A importância do bom manejo para o cavalo


Os efeitos do bom ou mal manejo na saúde do cavalo

Um bom manejo é essencial para o controle das doenças equinas. Isso porque, o mal manejo contribui  como causa primária de muitas doenças e infecções. O manejo do cavalo é reconhecido na atualidade como fator chave no controle ou disseminação das doenças infecciosas modernas. Os tratadores, mesmo sem intenção, podem levar a infecção de um animal ao outro. E isso tão somente pelo contato físico e por passar de um estábulo a outro. Embora isso não aconteça de forma intencional é fundamental considerar a higiene como essencial. Ainda mais quando lidamos com um grande número de animais. É essencial estar atento para todos os aspectos do dia a dia do seu cavalo: o exercício, alimentação, o estábulo, a limpeza, o trato , bem como a relação que cada uma dessas partes podem contribuir para o desenvolvimento de uma doença.

O manejo do cavalo é tão importante que inclusive, deve ser utilizado para reconhecer se o animal está bem ou não. Aqui vão algumas dicas:

– Devemos observar quando vemos o cavalo pela primeira vez no dia se ele está bem. E isso pode ser verificado ao analisar se ele comeu e bebeu, se está interessado na sua chegada, se está se movendo na cocheira. Em geral, o cavalo quando está indisposto não come, fica mais parado e interage menos com as pessoas.

– Verifique se tudo está em ordem na cocheira: se a quantidade de serragem está adequada e seca, se tem água, se houve sobra de ração.

– Como está a ferradura? Já está na hora de trocar? Está frouxa ou muito apertada?

– Assim que você monta ele parece ativo e movendo-se livremente e bem?

– Depois do exercício ele fica ofegante, manca, sua excessivamente ou parece estressado?

-Antes de levar o cavalo de volta para a cocheira, dê um agradável banho ou a menos escove seu pelo e certifique-se que as patas estão bem secas.

– Verifique sempre se existe algum arranhão, corte ou desconforto nas patas.


Procure reservar um material de limpeza exclusivo para cada cavalo no estábulo. Isso evita que fungos ou bactérias de um cavalo possam ser transmitidos para o outro.

Além desses cuidados, devemos sempre avaliar a qualidade do que o cavalo come e bebe, qual o tipo de ração, se o feno esta adequado e se a água está limpa. Procure deixar a cama sempre seca e limpa e evite o acúmulo de sujeira e umidade por uma má drenagem do piso.

Com esses poucos cuidados diários você dará ao seu cavalo uma melhor qualidade de vida e evitará muitas doenças relacionadas com o mal manejo.

Fonte: www.animoitalia.com

 


Se gostou compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são necessários *

*

Paste your AdWords Remarketing code here